fbpx

Curiosidades e usos dos óleos perfumados

Óleos Perfumados

 

O uso de óleos derivados de plantas não é nada novo na história da humanidade. Sejam para rituais mágicos, tratamentos medicinais ou estéticos. O uso de óleos remonta à Índia antiga e ao Egito.

Na Índia, nos mais antigos textos ayurvédicos que remontam há mais de 8000 anos atrás, existem registros de mais de 700 ervas que eram utilizadas em tratamentos medicinais e encantos.

No Egito antigo, por volta de 4500 anos antes da era comum, existem registros que retratam o uso de óleos em tratamentos médicos e estéticos. A beleza de Cleópatra era atribuída a seus tratamentos de beleza, esses por sua vez, incluíam o uso de óleos essenciais e sal do mar morto.

Por volta de 2600 anos antes da era comum na China. O imperador amarelo, Huang Ti, já utilizava óleos essenciais durante o seu reinado. Ele escreveu um livro de medicina no qual eram descritos os usos de vários tipos de óleos essenciais. Até hoje esse livro é utilizado por praticantes de medicina chinesa.

No atual período da história da humanidade, o interesse e uso de óleos para tratamentos medicinais e estéticos cresce cada vez mais. Em 1910, por acidente, descobriu-se que o óleo de Lavanda possui propriedades bactericidas, antissépticas e é extremamente eficaz no tratamento de queimaduras.

Na Ayurveda, o uso de óleos para tratamentos e massagens é amplamente utilizado, com a crescente popularidade de produtos e tratamentos ayurvédicos no Ocidente, existe uma vasta gama de marcas e óleos disponíveis.

Os óleos perfumados Goloka são produzidos com ingredientes de alta qualidade e podem ser utilizados como perfumes, difusores e óleos para massagem. Com uma vasta gama de aromas disponíveis, os óleos Perfumados Goloka disponibilizam uma agradável variedade de opções com um preço acessível.

 

Referências: http://essentialoilsacademy.com/history/

 

 

Óleo Perfumado Goloka – Rose (10ml)

 

Óleo Perfumado Sandalwood

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *